There are ou there is: exemplos, frases e diferenças

Você já parou para pensar na diferença entre “there are” e “there is” em inglês? Apesar de parecerem semelhantes, essas expressões têm usos distintos e é importante compreender suas diferenças. Neste artigo, vamos explorar exemplos e frases que ilustram como utilizar corretamente “there are” e “there is” em diferentes contextos. Além disso, vamos discutir as principais diferenças entre essas expressões. Vamos lá!

Qual é a tradução correta para there is em inglês?

There is e there are são expressões que significam “haver” ou “existir” em inglês. Ambas as expressões são usadas para indicar a presença ou existência de algo ou alguém. A diferença entre elas está na concordância. “There is” é usado para falar no singular, enquanto “there are” é usado para falar no plural.

Por exemplo, se quisermos dizer “há um livro na mesa”, em inglês diríamos “there is a book on the table”. Já se quisermos dizer “há livros na mesa”, diríamos “there are books on the table”.

Se quiser continuar a ler este post sobre "There are ou there is: exemplos, frases e diferenças" clique no botão "Mostrar tudo" e poderá ler o resto do conteúdo gratuitamente. ebstomasborba.pt é um site especializado em Tecnologia, Notícias, Jogos e muitos tópicos que lhe podem interessar. Se quiser ler mais informações semelhantes a There are ou there is: exemplos, frases e diferenças, sinta-se à vontade para continuar a navegar na web e subscrever as notificações do Blog e não perca as últimas notícias.

Seguir leyendo


É importante notar que “there is” e “there are” são sempre seguidos por um substantivo no singular ou plural, respectivamente. Essas expressões são muito comuns em inglês e são fundamentais para descrever a presença de pessoas, objetos ou lugares em diferentes situações. Portanto, é essencial compreender e utilizar corretamente essas expressões ao aprender inglês.

Qual é o tempo verbal de There are?

Qual é o tempo verbal de There are?

O tempo verbal de “there are” é o presente do indicativo. Essa expressão é usada para indicar a existência de algo no plural. Por exemplo, “there are three apples on the table” significa que existem três maçãs na mesa.

No entanto, é importante mencionar que “there are” também pode ser utilizado no passado e no futuro, mas com algumas alterações na estrutura da frase. No passado, utiliza-se a forma “there were” para indicar a existência passada de algo no plural. Por exemplo, “there were many people at the party” significa que havia muitas pessoas na festa.

Já no futuro, utiliza-se a forma “there will be” para indicar a existência futura de algo no plural. Por exemplo, “there will be a meeting tomorrow” significa que haverá uma reunião amanhã.

Como usar there is e there are na forma afirmativa?

Como usar there is e there are na forma afirmativa?

There is e there are são utilizados exclusivamente em frases afirmativas para indicar a existência de algo. “There is” é utilizado quando estamos nos referindo a apenas uma coisa ou objeto, enquanto “there are” é utilizado quando estamos nos referindo a mais de uma coisa ou objeto. Por exemplo, “There is a book on the table” significa “Há um livro em cima da mesa”, enquanto “There are books on the table” significa “Há livros em cima da mesa”.

Para utilizar there is e there are na forma afirmativa, basta colocar o verbo “to be” conjugado no presente simples (is ou are) seguido de “there” e o objeto que está sendo mencionado. É importante lembrar de concordar o verbo com o objeto, utilizando “is” para objetos no singular e “are” para objetos no plural. Por exemplo, “There is a cat in the garden” (Há um gato no jardim) e “There are flowers in the garden” (Há flores no jardim).

É válido ressaltar que o uso de there is e there are é específico para a forma afirmativa. Nas frases negativas, basta acrescentar o “not” depois do verbo. Por exemplo, “There is not a book on the table” (Não há um livro em cima da mesa) e “There are not any flowers in the garden” (Não há flores no jardim).

Como e quando se usa there is e there are?

Como e quando se usa there is e there are?

Apesar de significarem a mesma coisa, “there is” e “there are” são utilizados de acordo com a quantidade de itens mencionados. “There are” é utilizado para se referir a duas coisas ou mais, enquanto “there is” é utilizado para apenas uma coisa. Por exemplo, se estamos falando de um livro em uma prateleira, utilizamos “there is” se houver apenas um livro e “there are” se houver mais de um livro.

Além disso, é importante lembrar que “there is” é utilizado para se referir a algo singular, enquanto “there are” é utilizado para se referir a algo plural. Por exemplo, podemos dizer “there is a cat in the room” (há um gato no quarto) e “there are two dogs in the park” (há dois cachorros no parque).

É importante também observar que “there is” e “there are” são utilizados para indicar a existência de algo em um determinado local. Portanto, eles são comumente utilizados em frases como “there is a car in the garage” (há um carro na garagem) ou “there are many books on the shelf” (há muitos livros na prateleira).

Como montar frases com there is e there are?

Existem diferentes formas de montar frases com “there is” e “there are” em inglês. Essas estruturas são usadas para indicar a existência de algo ou alguém em determinado lugar.

Por exemplo, podemos dizer “There is a dog in the park” (Há um cachorro no parque) para indicar que há um cachorro presente no parque. Nesse caso, “there is” é usado para falar sobre a existência de algo singular.

Já para falar sobre a existência de algo plural, usamos “there are”. Por exemplo, podemos dizer “There are many books on the shelf” (Há muitos livros na prateleira) para indicar que há vários livros presentes na prateleira.

Além disso, podemos usar “there is” e “there are” em frases negativas, acrescentando “not” após o “is” ou “are”. Por exemplo, podemos dizer “There is not a cat in the house” (Não há um gato na casa) ou “There are not any chairs in the room” (Não há nenhuma cadeira no quarto) para indicar a ausência de algo.

Essas estruturas também podem ser usadas em frases interrogativas, invertendo a ordem do sujeito e do verbo. Por exemplo, podemos perguntar “Is there a car in the garage?” (Há um carro na garagem?) ou “Are there any apples in the fridge?” (Há maçãs na geladeira?) para obter informações sobre a existência de algo.

Portanto, “there is” e “there are” são formas úteis de indicar a existência de algo ou alguém em inglês, seja no singular ou no plural.