Sobre e-mails comerciais pode-se dizer que das afirmações abaixo estão corretas:

E-mails comerciais são uma ferramenta essencial para empresas que desejam se comunicar de forma eficiente e eficaz com seus clientes e parceiros comerciais. No entanto, nem todas as empresas estão cientes das melhores práticas ao enviar e-mails comerciais. Neste artigo, discutiremos algumas afirmações sobre e-mails comerciais e verificaremos quais delas estão corretas.

Qual é a forma correta de escrever e-mail?

A forma mais indicada de escrever a palavra é “e-mail”, com hífen. Essa é a forma recomendada pela maioria dos gramáticos e dicionaristas da língua portuguesa. No entanto, é importante ressaltar que a palavra “email”, sem hífen, também é aceita por alguns estudiosos da língua, pois está presente em vários dicionários de língua inglesa.

A utilização do hífen em “e-mail” facilita a leitura e a compreensão da palavra, já que indica a junção de duas partes: “eletrônico” (referente à tecnologia) e “mail” (correspondência em inglês). Além disso, o uso do hífen segue as regras de formação de palavras compostas da língua portuguesa.

Se quiser continuar a ler este post sobre "Sobre e-mails comerciais pode-se dizer que das afirmações abaixo estão corretas:" clique no botão "Mostrar tudo" e poderá ler o resto do conteúdo gratuitamente. ebstomasborba.pt é um site especializado em Tecnologia, Notícias, Jogos e muitos tópicos que lhe podem interessar. Se quiser ler mais informações semelhantes a Sobre e-mails comerciais pode-se dizer que das afirmações abaixo estão corretas:, sinta-se à vontade para continuar a navegar na web e subscrever as notificações do Blog e não perca as últimas notícias.

Seguir leyendo


No entanto, a forma “email”, sem hífen, também é amplamente utilizada, principalmente em contextos informais e na escrita digital. Essa forma é mais comum em países de língua inglesa, onde a palavra é originalmente escrita sem hífen. Portanto, em situações mais informais, é aceitável utilizar a forma sem hífen, desde que seja coerente com o contexto em que está sendo empregada.

Qual é a definição de armazenamento primário e secundário?

Qual é a definição de armazenamento primário e secundário?

Cada computador possui um armazenamento primário e um armazenamento secundário, cada um desempenhando um papel importante no funcionamento do sistema. O armazenamento primário é conhecido como memória principal ou memória de curto prazo, e é responsável por armazenar os dados e as instruções que estão sendo usados ​​no momento pelo processador. A memória RAM é o tipo mais comum de armazenamento primário, e é caracterizada por sua velocidade de acesso rápido. No entanto, a memória RAM é volátil, o que significa que os dados são perdidos quando a energia é desligada. Além da memória RAM, existem outros tipos de armazenamento primário como a memória cache, que é uma memória embutida no processador para armazenar dados frequentemente acessados, e os registradores, que são pequenas áreas de armazenamento dentro do processador que fornecem acesso rápido a dados temporários.

Por outro lado, o armazenamento secundário é conhecido como memória de longo prazo, e é usado para armazenar dados e programas permanentemente. Ao contrário do armazenamento primário, o armazenamento secundário não é volátil, o que significa que os dados são mantidos mesmo quando a energia é desligada. Os dispositivos de armazenamento secundário mais comuns incluem discos rígidos (HDD), unidades de estado sólido (SSD), discos ópticos (como CDs e DVDs) e unidades de armazenamento em nuvem. Esses dispositivos possuem uma capacidade de armazenamento muito maior do que o armazenamento primário, mas são mais lentos em termos de acesso aos dados. Isso significa que o armazenamento secundário é usado principalmente para armazenar arquivos e programas que não estão sendo usados ​​atualmente pela CPU, mas que precisam ser mantidos para uso futuro.

Qual é a diferença entre armazenamento primário e secundário de alimentos?

Qual é a diferença entre armazenamento primário e secundário de alimentos?

O armazenamento primário de alimentos refere-se ao nível em que os alimentos estão em contato direto com a embalagem. Essa embalagem primária é aquela que envolve o alimento individualmente, como uma lata, um pacote ou um frasco. Ela é responsável por proteger o alimento contra contaminantes externos, como bactérias, umidade e luz. Além disso, a embalagem primária também determina a quantidade de alimento que será consumida de uma só vez, pois é a unidade de consumo.

Já o armazenamento secundário de alimentos refere-se ao agrupamento das embalagens primárias em uma unidade maior para facilitar o manuseio e o transporte. Essa embalagem secundária geralmente é em forma de fardos, caixas ou paletes, dependendo da quantidade de alimentos que está sendo armazenada. O armazenamento secundário permite que as embalagens primárias sejam transportadas e armazenadas de forma mais eficiente, economizando espaço e facilitando o controle do estoque. Além disso, a embalagem secundária também pode fornecer proteção adicional aos alimentos, como resistência a impactos e isolamento térmico.

Qual é a definição de meios de armazenamento secundário?

Qual é a definição de meios de armazenamento secundário?

O armazenamento secundário é uma forma de armazenamento de dados que é projetada para guardar informações que não são acessadas com frequência. Diferentemente do armazenamento primário, que é mais rápido e utilizado para armazenar dados que são frequentemente acessados, o armazenamento secundário é mais econômico e tem uma capacidade de armazenamento maior.

Os dispositivos de armazenamento secundário são geralmente mais lentos em termos de desempenho, mas são capazes de armazenar grandes quantidades de dados de forma mais acessível. Alguns exemplos de meios de armazenamento secundário incluem discos rígidos, unidades de fita magnética, unidades de estado sólido (SSDs) e dispositivos de armazenamento em nuvem.

Esses dispositivos são utilizados para armazenar dados que não são necessários para o funcionamento imediato do sistema, como arquivos de mídia, documentos e backups. O armazenamento secundário é essencial para garantir a disponibilidade e a integridade dos dados ao longo do tempo, além de ser uma opção mais econômica para o armazenamento em grande escala.

Qual é o principal objetivo de um sistema de informação?

O principal objetivo de um sistema de informação é facilitar a coleta, processamento, armazenamento e transmissão de informações, de forma a atender às necessidades dos usuários e solucionar problemas. Esses sistemas são projetados para organizar e gerenciar dados, tornando-os acessíveis e úteis para os usuários. Eles têm a capacidade de fornecer informações precisas e atualizadas, ajudando as organizações a tomar decisões mais informadas e eficazes.

Além disso, os sistemas de informação permitem a automação de tarefas rotineiras, melhorando a eficiência e a produtividade das organizações. Eles podem fornecer relatórios e análises detalhadas, possibilitando o monitoramento e o controle de processos e atividades. Outro objetivo importante é garantir a segurança e a integridade das informações, protegendo-as contra acesso não autorizado ou perda.