Meta actualiza a sua política de privacidade para facilitar a compreensão de como utiliza os seus dados

Meta, a empresa mãe do Facebook, WhatsApp, e Instagram, anunciou novas alterações à sua política de privacidade. As alterações, diz Meta, foram concebidas para transmitir mais claramente aos utilizadores a forma como a empresa utiliza a informação recolhida.

Meta sublinha que a Política de Privacidade actualizada não introduz novas formas de a empresa recolher, utilizar, ou partilhar os dados dos utilizadores. Pelo contrário, simplifica a redacção e fornece explicações mais detalhadas e claras sobre a política e várias práticas de dados. A nova Política de Privacidade, anteriormente conhecida como Política de Dados, entrará em vigor a 26 de Julho. Abrange o Facebook, Messenger, Instagram, e outros produtos Meta, mas deixa de fora o WhatsApp, Workplace, Free Basics, e Messenger Kids.

A empresa diz ter começado a enviar notificações aos utilizadores sobre a nova política. Os utilizadores podem clicar na notificação para rever as alterações e obter mais detalhes, embora não precisem necessariamente de agir sobre estas notificações e optem por ignorá-las.

XDA VÍDEO DO DIA

“Reescrevemos e redesenhámos a nossa Política de Privacidade para facilitar a compreensão e clareza sobre a forma como utilizamos a sua informação. Também incluímos mais detalhes sobre os tipos de terceiros com quem partilhamos e recebemos informação e explicámos como e porquê a informação das pessoas é partilhada através dos nossos produtos, entre outras alterações” escreveu Micheal Protti, Cheif Privacy Officer da Meta.

Meta está também a actualizar os seus Termos de Serviços “para melhor explicar o que se espera de nós e daqueles que utilizam as nossas plataformas“. Em países seleccionados, incluindo a Índia, os utilizadores terão a opção de não aceitar a Política de Privacidade e os Termos de Serviço actualizados.

“Para a maioria dos países, a nossa Política de Privacidade é informativa – e por isso estamos a partilhar um aviso proeminente para destacar a alteração aos utilizadores, mas estes não são convidados, por exemplo, a clicar para concordar com a actualização da nossa Política de Privacidade. Na Índia, é dada aos utilizadores a oportunidade de aceitar ou não a Política de Privacidade e Termos de Serviço actualizados, sem qualquer impacto no seu acesso aos nossos produtos”, disse um porta-voz da Meta numa declaração ao Moneycontrol.

A Meta está também a lançar uma nova configuração de privacidade que permitirá aos utilizadores controlar quem vê as suas mensagens no Facebook por defeito. Finalmente, a empresa diz que o seu painel do Centro de Privacidade está agora disponível para todos no Facebook, e que se liga directamente à Política de Privacidade actualizada.

Similar Articles

Most Popular