A história dos videojogos Nintendo

O domínio da Nintendo Corporation na indústria dos videojogos na?o começou com o jogo Super Mario Bros ou a sua primeira consola de jogos. De facto, já se estabeleceu como uma empresa de jogos de qualidade quase 70 anos antes do primeiro jogo de vídeo ter sido inventado. A Nintendo na?o só trouxe de volta a popularidade dos jogos de vídeo após o colapso da indústria em 1983, como se estabeleceu pela primeira vez no século XIX , quando trouxe de volta a popularidade dos jogos de cartas ao Japa?o. Eis a história da Nintendo, desde o seu humilde início até à era Switch.

A história da Nintendo

Quando o Japa?o cortou as suas relaço?es com o mundo ocidental em 1633, todas as cartas de jogo estrangeiras foram proibidas, uma vez que encorajavam o jogo ilegal. Jogar às cartas era muito popular na altura (especialmente para jogar), por isso na?o demorou muito tempo para que os japoneses criassem os seus próprios jogos de cartas. Os primeiros foram concebidos para um jogo chamado Unsun Karuta, mas eventualmente o jogo foi também utilizado para uma forma de jogo, pelo que o governo também os proibiu. Finalmente, no século XIX foi inventado um novo jogo de cartas, Hanafuda, que utilizava imagens em vez de números, pelo que na?o podia ser utilizado para jogos de azar. O governo relaxou as suas leis de carto?es e permitiu a venda de carto?es Hanafuda. Infelizmente, as constantes proibiço?es e a falta de jogo fizeram-se sentir e o novo jogo de cartas teve uma resposta medíocre, até que um jovem empresário, Fusajiro Yamauchi, entrou em cena.

Quando foi fundada a Nintendo?

Em 1889, um F usajiro Yamauchi de 29 anos abriu as portas da sua empresa Nintendo Koppai, que fabricava Hanafuda, cartas de jogo compostas por pinturas em carta?o feitas a partir da casca de uma amoreira. Fusajiro vendeu os carto?es em duas lojas Nintendo Koppai. A qualidade da arte e do design tornou a Hanafuda extremamente popular e a Nintendo tornou-se a principal empresa de jogos do Japa?o. No mesmo ano em que Fusajiro lançou o Nintendo Koppai, o governo japonês iniciou as primeiras eleiço?es gerais para a Câmara dos Representantes japonesa e instituiu a Constituiça?o do Império do Japa?o, chamada Constituiça?o Meiji. Estas mudanças governamentais levaram à revisa?o de numerosas leis, incluindo a flexibilizaça?o da proibiça?o de inúmeros tipos de cartas de jogo. Porque a Nintendo era a empresa de cartas mais popular, conseguiu expandir-se mais rapidamente do que qualquer um dos seus concorrentes.

A evoluça?o dos jogos de vídeo desvia

Nos 40 anos seguintes, a Nintendo Koppai continuou a ser a principal empresa japonesa de cartas de jogar sob a tutela de Fusajiro Yamauchi. Continuou a acrescentar os jogos mais populares, bem como a inventar vários dos seus próprios jogos. Fusajiro reformou-se com a idade de 70 e o seu genro adoptivo, Sekiryo Kaneda (que mudou o seu nome para Sekiryo Yamauchi), assumiu o negócio de em 1929. Depois de continuar a gerir a empresa, Sekiryo procurou expandir e estabelecer uma joint-venture, renomeando a empresa para Yamauchi Nintendo & Company em 1933 e formando um distribuidor de jogos de cartas chamado Marufuku Company, Ltd. Estas duas empresas continuaram a transformar o negócio num gigante empresarial. Depois de gerir a empresa durante 20 anos, Sekiryo sofreu um derrame em 1949, forçando-o a reformar-se. Sekiryo chamou o seu neto, Hiroshi Yamauchi, e pediu-lhe que assumisse o negócio da família. Tornar-se o novo presidente da Yamauchi Nintendo & a empresa foi uma época tumultuosa para Hiroshi, que teve de desistir da faculdade de direito aos 21 anos de idade para assumir o negócio da família. A sua falta de experiência levou ao ressentimento dos funcionários da Nintendo, seguido de uma greve na fábrica. Hiroshi surpreendeu todos ao despedir todos os que o atravessaram e ao estabelecer novas políticas que exigiam que todos os produtos e empresas potenciais fossem primeiro aprovados apenas por ele. Surpreendentemente, os primeiros empreendimentos de Hiroshi foram muito bem sucedidos:

  • Reintroduça?o de cartas de jogo ocidentais, que na?o tinham sido vendidas no Japa?o desde que foram proibidas em 1633.
  • Estabelecimento do primeiro acordo de licenciamento de cartas de jogo no Japa?o com a Disney Company.
  • A aquisiça?o da empresa torna-se pública no Japa?o.

Eventualmente, Hiroshi decide expandir a empresa para mercados que na?o o do jogo, incluindo um serviço de táxi, hotéis e até mesmo a indústria alimentar, todos os quais falham. Isto, combinado com a queda no mercado de cartas de jogo, fez com que os lucros do da Nintendo caíssem a pique.

Ultra Hand transforma a Nintendo numa empresa de brinquedos

Numa visita à linha de montagem de jogos de cartas da Nintendo, Hiroshi notou um engenheiro de manutença?o de baixo nível chamado Gunpei Yokoi a jogar com um braço extensível que ele próprio tinha concebido e construído. Hiroshi ficou espantado com o braço extensível e rapidamente encomendou a sua produça?o em massa, chamando-lhe Urutora Hando ou Ultra Hand. The Ultra Hand foi um sucesso instantâneo e foi tomada a decisa?o de transformar a Nintendo num fabricante de brinquedos. Yokoi foi transferido da área de manutença?o para o departamento de Jogos e Configuraça?o, que supervisionou o desenvolvimento do produto. A parceria de Yokoi e Hiroshi re encorajou a Nintendo, transformando-a novamente num gigante da indústria. Hiroshi tornou-se o homem mais rico do Japa?o, mas as coisas acabaram de uma forma trágica para Yokoi. Enquanto o mercado japonês de brinquedos já era dominado por empresas bem estabelecidas como Tomy Co. e Bandi, o diploma de engenharia de Gunpei Yokoi conduziu a Nintendo para o mundo emergente dos brinquedos electrónicos. Estes brinquedos electrónicos, todos concebidos pela Yokoi, eram muito populares e permitiram à Nintendo conquistar um nicho no mercado dos brinquedos. Em breve, a Nintendo formou uma empresa conjunta com a Sony Corporation para desenvolver jogos electrónicos, o primeiro dos quais foi chamado Nintendo Beam Gun Game, uma versa?o caseira dos populares jogos de arcade de armas ligeiras.

A história dos videojogos Nintendo

Em 1972, o projecto de teste militar americano Brown Box foi disponibilizado ao público como a primeira consola de videojogos doméstica chamada Magnavox Odyssey . Vendo o potencial para os próximos passos nos jogos electrónicos, a Nintendo fez a sua primeira incursa?o no mundo dos jogos de vídeo em 1975 ao adquirir os direitos de distribuiça?o do Odyssey para o Japa?o. Este novo e excitante mercado estava a crescer em popularidade e com o sucesso moderado da Odisseia , a Nintendo começou a desenvolver os seus próprios jogos e consolas com os sistemas Color TV-Game. A linha Color TV-Game de consolas domésticas começou em 1977 com o Color TV-Game 6, uma consola dedicada contendo seis jogos pré-programados, concebidos de acordo com as mesmas linhas do mega-hit Pong . Desenvolvida numa pequena série limitada, a consola mostrou promessa, e em 1978 a Nintendo seguiu-se com o Color TV Game 15, outra consola dedicada. Este tinha um desenho mais conveniente e nove jogos adicionais (todas as variaço?es de Pong ). No mesmo ano, a Nintendo lançou o seu primeiro jogo de vídeo concebido para arcadas chamado Computer Othello . Embora tenha sido um sucesso, nunca foi lançado fora do Japa?o. Também em 1977, um estudante de arte recém-formado, Shigeru Miyamoto, foi contratado como artista do departamento de planeamento da Nintendo graças à amizade do seu pai com Hiroshi Yamauchi. Miyamoto foi logo mentorado por Gunpei Yokoi e, com o tempo, tornou-se um dos jogadores mais importantes na indústria dos videojogos , criando algumas das propriedades mais populares da Nintendo e aclamado como « The Father of Modern Video Games». «

Jogos Nintendo nos EUA

Nos anos 80, o negócio estava a crescer a um ritmo alarmante para a Nintendo tanto a nível doméstico como internacional. A consola Color TV Games foi um bestseller consistente, tal como o catálogo de arcade da empresa. O negócio cresceu ao ponto de começar a abrir escritórios no seu segundo mercado mais importante, os Estados Unidos, chamando-lhe Nintendo of America (NOA). Um dos mais populares jogos arcade da Nintendo no Japa?o, intitulado Radar Scope , era bastante promissor nos Estados Unidos, de acordo com testes anteriores, pelo que foi fabricado um grande número de unidades para a Nintendo of America. Desesperado por demonstrar o seu talento para a concepça?o de jogos, Miyamoto-san foi encarregado de desenvolver um jogo utilizando o motor e a tecnologia Radar Scope que podia ser facilmente convertido a partir de unidades excedentárias a baixo custo adicional. Com base num orçamento de orçamento de orçamento, Miyamoto-san criou o Donkey Kong . As unidades foram rapidamente mudadas para Kong e este tornou-se um sucesso instantâneo e histórico. Isto fez de Miyamoto-san o principal produtor de jogos Nintendo e a força dominante no mercado dos jogos arcade.

O primeiro jogo portátil da Nintendo

Enquanto o seu protegido Miyamoto estava a impulsionar a Nintendo para o sucesso no sala?o de jogos, Gunpei Yokoi estava ocupado a reinventar o mercado dos videojogos domésticos. Depois de ver um homem de negócios a brincar com uma calculadora para se entreter num comboio pendular, Yokoi inspirou-se nessa mesma tecnologia de calculadora para inventar uma linha de jogos de vídeo portáteis que ficou conhecida como o Nintendo Game & Relógio.

Isto acaba por se tornar um parente distante do GameBoy , que vem mais tarde.

Estes jogos portáteis com ecra? de cristais líquidos tinham a mesma tecnologia das calculadoras, apenas os gráficos formavam personagens e objectos em vez de números. O design do bota?o de movimento acabou por evoluir para o Emmy Award-winning D-Pad (que poderá conhecer como controlador de jogo). À medida que a sua popularidade crescia, o Game & Watch designs expandiram-se para ecra?s duplos, semelhantes ao actual Nintendo DS. O Game & Watch foi um sucesso e em breve numerosas empresas de brinquedos estavam a lançar os seus próprios jogos portáteis com ecra?s LCD. Mesmo na Unia?o Soviética, surgiram clones de Game & títulos de relógios, principalmente porque a Nintendo na?o foi autorizada a vender os seus produtos dentro das fronteiras da URSS . Ironicamente, o jogo de ma?o mais popular da Nintendo, Tetris , seria criado pelo engenheiro informático soviético Alexey Pakhitnov.

Os jogos Super Mario Bros

Vendo o sucesso e o potencial de uma consola com cartuchos intercambiáveis, a Nintendo desenvolveu a sua primeira consola de jogos multicartuchos em 1983, a Famicom de 8 bits ( que se traduz como computador familiar), que oferecia jogos de qualidade arcade com muito mais potência e memória do que qualquer outra consola anterior no mercado. O sistema foi inicialmente lançado no Japa?o com maus resultados, mas foi rapidamente apanhado quando Miyamoto-san produziu um jogo que levou o seu popular Mario Bros. a um novo estilo de aventura a vários níveis: Super Mario Bros. E o jogo foi ta?o bem sucedido que a Nintendo rapidamente o juntou à consola Famicom, o que impulsionou as vendas da consola, uma vez que os consumidores a compraram apenas para jogar o jogo. Isto também deu início à longa história da Nintendo de agrupar os seus jogos mais populares juntamente com as suas mais recentes consolas. A Nintendo assistia a um boom no mercado de jogos de vídeo no Japa?o, mas o mercado de jogos dos EUA na?o era ta?o forte. Uma vez que a Atari na?o tinha forma de impedir que títulos na?o licenciados fossem concebidos para a sua consola, o Atari 2600, o mercado dos EUA foi literalmente inundado por jogos de baixa qualidade, fazendo com que toda a indústria sofresse uma má reputaça?o. A Nintendo aproximou-se inicialmente da Atari para distribuir a Famicom nos EUA, mas o sangue mau tinha-se formado durante os seus anos de competiça?o, pelo que a Nintendo recorreu a Sears, que tinha originalmente ajudado a Atari 2600 a estabelecer-se no mercado. Com as vendas de a cair e um stock de 2600 unidades de Atari invendáveis, a Sears também passou. No final de 1983, , o mercado de em EUA entrou em colapso, levando ao desaparecimento da maioria dos principais jogadores de .

A ascensa?o do Sistema de Entretenimento da Nintendo

Convencido de que a sua consola ainda poderia ter sucesso no mercado dos EUA, a Nintendo preparou-se para lançar um novo produto. Como os consumidores americanos na?o gostaram da conotaça?o de uma consola de videojogos, pensando nos títulos de baixa qualidade anteriormente lançados, a Nintendo mudou o nome da Famicom para Nintendo Entertainment System (NES) e redesenhou-a para se parecer mais com uma componente de um centro de entretenimento. Para impedir que outras empresas lançassem jogos na?o autorizados e de baixa qualidade, a Nintendo desenvolveu o chip de bloqueio 10NES que impedia que os jogos na?o licenciados funcionassem na consola. Também conceberam o Selo de Qualidade Nintendo para indicar os jogos oficialmente licenciados e autorizados. Em 1985, a Nintendo testou primeiro o NES em Nova Iorque e depois expandiu-o para Los Angeles, Chicago e Sa?o Francisco. Estes lançamentos iniciais foram um sucesso e a Nintendo expandiu o lançamento a nível nacional em todos os Estados Unidos. Esta mudança reacendeu imediatamente o mercado dos jogos de vídeo nos Estados Unidos e estabeleceu instantaneamente a Nintendo como a maior marca da indústria.

O passo seguinte: Gameboy

Ao longo da década de 1980, a Nintendo continuou a dominar o mercado dos jogos de vídeo, na?o só lançando jogos auto-publicados de qualidade – incluindo um fluxo constante de títulos inovadores criados por Shigeru Miyamoto – mas também exigindo que os títulos de terceiros passassem por um rigoroso processo de aprovaça?o antes de poderem ser lançados na NES. À medida que a sua reputaça?o e o reconhecimento da sua marca cresciam, a Nintendo foi ficando ta?o enraizada na mente do público que chegou ao ponto de lançar a sua própria revista auto-publicada em 1988, Nintendo Power .

Embora Nintendo Power já na?o esteja em circulaça?o, ainda se pode ouvir o seu podcast oficial.

Em 1989, a Nintendo lançou a sua primeira e mais importante consola de jogos portátil. Criado por Gunpei Yokoi, o Game Boy tomou o mercado de assalto. Com o Game Boy, as pessoas começaram a ver os jogos de vídeo como mais do que brinquedos para crianças, e os adultos começaram a utilizar as consolas para se entreterem em autocarros, comboios e metropolitanos durante o longo trajecto até ao trabalho.

As guerras dos videojogos

Grande parte do sucesso do Game Boy deveu-se ao facto de a Nintendo o embalar com o jogo de puzzle viciante Tetris , bem como a manter um equilíbrio de títulos tanto para jogadores casuais como para jogadores hardcore, criando mesmo estilos de jogo únicos para a consola. O Game Boy continua a ser a linha mais longa de consolas de videojogos, e o modelo mais recente, o Game Boy Advance SP, continua a jogar todos os títulos clássicos do Game Boy original. Parte do sucesso continuado da Nintendo em superar a concorrência deveu-se a alguns acordos questionáveis que permitiam a fixaça?o de preços, exclusividade de terceiros e favoritismo dos retalhistas. Os consumidores (para a fixaça?o de preços) e a SEGA (o seu maior concorrente) começaram a apresentar várias acço?es judiciais, acusando a Nintendo de forçar o SEGA Master System a sair das lojas através de acordos fraudulentos com retalhistas. Os tribunais declararam a Nintendo culpada e exigiram que redistribuísse uma grande quantidade aos consumidores e que quebrasse os acordos de exclusividade com terceiros e retalhistas, mas a Nintendo acabou por transformar a perda noutra vitória. Distribuiu o acordo de fixaça?o de preços sob a forma de milhares de cheques de desconto de 5 dólares, pelo que os consumidores tiveram de comprar mais produtos Nintendo. Em 1990, o concurso de consolas começou a transformar-se numa verdadeira guerra com a crescente popularidade dos computadores domésticos acessíveis, a introduça?o de consolas de 16 bits, o SEGA Genesis e o TurboGrafx-16. A Nintendo conseguiu manter a concorrência à distância com o lançamento do Super Mario Bros 3 da Miyamoto, o título mais vendido da história da consola NES, que vendeu mais de 18 milho?es de cópias e impulsionou as vendas da consola NES de 8 bits. Percebendo que esta era apenas uma soluça?o temporária, a Nintendo começou a conceber a sua própria consola de 16 bits e, no mesmo ano, lançou a Super Famicom no Japa?o. Um ano mais tarde, o Super Famicom foi posto à venda nos Estados Unidos sob o nome Super Nintendo (SNES), mas a sua estreia veio muito depois de a concorrência já se ter estabelecido no mercado. Eventualmente, a SNES voltaria a ultrapassar a indústria e a SEGA Genesis aterraria no ponto número 2.

A integraça?o da tecnologia PC

Em meados dos anos 90, as consolas de jogos começaram a integrar a tecnologia PC no desenvolvimento de consolas para uma nova geraça?o de sistemas de jogos superiores, especialmente os novos e quentes discos CD-ROM. Estes discos poderiam conter mais informaça?o, resultando em gráficos superiores, jogabilidade mais profunda e experiências mais amplas. Logo o concurso começou a lançar consolas baseadas em disco com tecnologia de 64 bits. Embora a Nintendo tenha investigado as possibilidades de lançar a sua própria consola baseada em disco, optou por ficar com cartuchos de jogo com o lançamento do Nintendo 64 (N64) em 1996. Embora os cartuchos N64 fossem muito mais caros do que os discos CD-ROM, os tempos de carregamento foram drasticamente reduzidos , uma vez que os cartuchos foram capazes de entregar a informaça?o quase instantaneamente. Os discos exigiam que a consola movesse o leitor laser para localizar e carregar lentamente a informaça?o do jogo. A N64 foi também a primeira consola doméstica da linha Nintendo a incorporar um pau analógico (ou polegar) no seu controlador. O lançamento da N64 foi um pouco estranho. Embora tenha vendido muito bem na América do Norte, vendendo 500.000 unidades nos seus primeiros quatro meses, foi a primeira consola Nintendo a receber uma recepça?o fresca no Japa?o. Embora a N64 tenha ultrapassado a consola baseada em disco da SEGA, a Sega Saturn, Sony, tinha lançado o seu próprio sistema de videojogos, a Sony PlayStation. Com custos de fabrico mais baixos, um preço mais baixo e uma maior biblioteca de jogos, a PSOne superou a N64 em menos de 10 milho?es de unidades, tornando-a a vencedora dessa geraça?o de consolas por um nariz. Pela primeira vez na história da empresa, a consola Nintendo caiu para lugar 2.

Consolas Nintendo 3D antes do seu tempo

No mesmo ano em que a N64 foi lançada no Japa?o, a Nintendo sofreu outra derrota com o Virtual Boy. Numa tentativa de ganhar dinheiro com a loucura da realidade virtual, o seu criador, Gunpei Yokoi, queria que o Virtual Boy fosse o primeiro sistema de jogo a oferecer uma verdadeira experiência 3D através de óculos de obturador e um sistema de espelho em movimento. Desde o seu lançamento, foi flagelado por problemas. A Nintendo obrigou a Yokoi a apressar o lançamento da consola, o que levou a muitos cortes. O falhanço do Rapaz Virtual conduziu a uma cunha entre Yokoi e o presidente da Nintendo Hiroshi Yamauchi, pois os dois culparam-se mutuamente pelo fracasso do sistema. Yokoi permaneceu na Nintendo até 1996, quando a Game Boy Pocket, uma versa?o mais pequena da consola Game Boy da Yokoi, foi lançada. Após a conclusa?o do Game Boy Pocket, o único Thomas Edison dos videojogos cortou a sua relaça?o de 30 anos com a Nintendo.

Pokemon: O sucesso da Nintendo

Em 1996, a quebra nas vendas de Game Boy foi reavivada por uma nova e inovadora abordagem ao jogo. O designer de jogos da Nintendo Satoshi Tajiri criou uma nova linha de jogos chamada Pocket Monsters ( também conhecido como Pokémon ). Foi um sucesso instantâneo, impulsionou as vendas e tornou-se uma grande franquia por direito próprio, gerando jogos de vídeo, jogos de cartas, brinquedos, séries de TV e filmes. Ressuscitado pelo sucesso de Pokémon , mas ameaçado por consolas portáteis concorrentes no mercado, a Nintendo lançou o Game Boy Color (GBC) em 1998. Embora o GBC seja considerado por muitos como nada mais do que uma versa?o colorida do Game Boy, foi de facto um sistema extremamente inovador e pioneiro. Na?o só permitiu jogos a cores superiores, como foi a primeira consola portátil retrocompatível a utilizar conectividade sem fios através de sensores infravermelhos e a primeira a utilizar cartuchos controlados por movimento, o que acabou por inspirar a consola da próxima geraça?o da Nintendo, a Nintendo Wii. Depois dos altos e baixos da Nintendo, tanto na consola como na consola portátil, 2001 foi um ano importante para a empresa.21 de Março de 2001 viu o lançamento do Game Boy Advance no Japa?o, e 14 de Setembro de 2001 viu a estreia da sua primeira consola de discos, a Nintendo GameCube.

Compatibilidade com os jogos clássicos da Nintendo

Lançado apenas dois anos após a GBC, o Game Boy Advance trouxe a qualidade da consola SNES para uma consola portátil. A última consola a produzir todos os jogos 2D num estilo clássico era também compatível com todos os jogos clássicos do Game Boy original. A GBA também acolheu mais adaptaço?es de jogos clássicos da Nintendo do que qualquer outra consola. As adaptaço?es do jogo variaram de Nintendo Game & títulos de relógios e NES a SNES e jogos arcade. A GBA tem sobrevivido a todas as outras consolas de jogos e ainda hoje está disponível. Numa altura em que a Microsoft estava a lançar a Xbox e a Sony a PlayStation 2, ambos promovidos como sistemas de entretenimento «tudo incluído» concebidos para jogar jogos, DVDs e CDs , a Nintendo decidiu adoptar a abordagem oposta e lançou a GameCube como a única consola de jogos da «próxima geraça?o» concebida especificamente para videojogos e vendeu-a a um custo inferior ao da concorrência. Infelizmente, esta abordagem na?o pegou e o GameCube deixou a Nintendo em terceiro lugar na guerra das consolas, com o PlayStation 2 como número um e o Xbox da Microsoft Microsoft em segundo. Em vez de admitir a derrota, a Nintendo regressou à mesa de desenho e começou a desenvolver planos para uma nova e única «próxima geraça?o» de consolas de jogos domésticos. Em 2001, a Nintendo Revolution foi concebida com uma nova forma de interagir com o controlo total do movimento de um jogo de vídeo. A 31 de Maio de 2002, após 53 anos de liderança da Nintendo na vanguarda da indústria dos videojogos, Hiroshi Yamauchi reformou-se do seu cargo de presidente e tornou-se presidente do conselho de administraça?o da Nintendo. O seu sucessor, Satoru Iwata, chefe da Divisa?o de Planeamento Empresarial da Nintendo, foi nomeado como seu sucessor e tornou-se o primeiro presente da Nintendo fora da família Yamauchi.

Ainda hoje lidera com a NES Classic e Nintendo Switch

Sob a nova presidência, a Nintendo começou a perseguir mais abordagens ao mercado, na?o só aumentando a qualidade dos jogos, mas também a forma como estes sa?o jogados. Primeiro, lançou a Nintendo DS em 2004, a primeira consola de videojogos doméstica do mundo com ecra? táctil, e a primeira consola portátil da Nintendo a na?o utilizar o moniker Game Boy desde o Nintendo Game & Veja. A Nintendo lançou a DS em concorrência directa com o aparelho portátil Sony, o Sony PSP, e o Nokia N-Gage. A nova abordagem à jogabilidade foi um sucesso e a DS tornou-se a consola portátil número um em vendas, ultrapassando mesmo o recorde de vendas da Game Boy Advance numa fracça?o do tempo. Após cinco anos de planeamento, a Nintendo Revolution foi rebaptizada Nintendo Wii e foi posta à venda na América do Norte a 19 de Novembro de 2006, tornando-se a primeira consola Nintendo a ser lançada nos Estados Unidos antes do Japa?o. A Consola Virtual incluía inúmeras funcionalidades interactivas, tais como a Consola Virtual do Canal da Loja Wii, onde os jogadores podiam comprar e descarregar títulos clássicos da NES, SNES e N64, bem como jogos de concorrentes anteriores tais como o SEGA Master System e Genesis, TurboGrafx-16 e TurboGrafx-CD, e Neo Geo e Neo Geo CD. Na Europa, muitos títulos Commodore 64 também estavam disponíveis, e no Japa?o jogos do sistema clássico de computador MSX. Todas estas características foram combinadas num único sistema que foi vendido a um custo inferior ao de qualquer outra consola no mercado. De acordo com a posiça?o da Nintendo de que a jogabilidade é mais importante do que a qualidade dos gráficos de super alta definiça?o, o Wii esgotou em poucas horas após o seu lançamento.

Related Stories

Llegir més:

Tudo o que precisa de saber sobre a Apple...

Quando a Apple revelou o seu serviço de streaming Apple Music na Conferência Mundial...

O que é e como funciona o Google Fi?

Google Fi é um operador de rede virtual móvel (MVNO) que oferece...

O que precisa de saber sobre o iPhone XS,...

Simplificando, o iPhone XS, iPhone XS Max e iPhone XR na?o sa?o uma melhoria...

Como eliminar uma publicaçăo no Facebook

Tudo o que publicar no Facebook no seu feed de notícias ou no seu...

Como utilizar um teclado ou rato numa PS4

O que precisa de saber Pode ligar um teclado físico...

Como fazer um GIF a partir de um vídeo...

O que precisa de saber Escolha um vídeo YouTube, depois...