Pode o arranque remoto do carro ser utilizado com uma transmissăo manual?

  • Problemas de compatibilidade
  • Como fazer funcionar
  • Como resolver problemas
  • Como e porque funciona
  • Outros problemas

Os arrancadores remotos de automóveis sa?o dispositivos relativamente simples, mas a instalaça?o segura num automóvel que tenha uma transmissa?o manual apresenta alguns problemas únicos. O problema é que a maioria das transmisso?es manuais utiliza um sistema de mudanças mecânicas, e na?o há nenhum sensor para dizer se a transmissa?o está em ponto morto. Sem isso, um motor de arranque à distância poderia iniciar a transmissa?o em marcha com efeitos potencialmente desastrosos.

É possível instalar um arrancador remoto num automóvel com transmissa?o manual, e há mesmo múltiplas formas de o fazer, mas nem todas elas sa?o particularmente seguras.

O problema com arrancadores remotos e transmisso?es manuais

Quando um arranque automático é instalado num veículo com uma transmissa?o automática, normalmente verifica duas coisas antes de ligar o motor: que a transmissa?o está parada e que o trava?o de ma?o está accionado. Em algumas instalaço?es, apenas verificará se a transmissa?o está em parque.

O maior problema com as transmisso?es manuais é que na?o há parque. Só têm neutro, o que é como um parque, mas a transmissa?o é livre de rodar. Na?o existe um pea?o de estacionamento, que é a componente das transmisso?es automáticas que bloqueia a transmissa?o no local.

O outro grande problema é que ao arrancar um veículo com uma transmissa?o manual, o pedal da embraiagem deve ser primeiro pressionado. Isto é mais fácil de resolver do que o problema de garantir que a transmissa?o está em ponto morto, mas continua a ser um obstáculo adicional que na?o se aplica aos veículos com transmisso?es automáticas.

Como fazer um arranque à distância com uma transmissa?o manual

A raza?o pela qual um veículo com uma transmissa?o manual na?o pode ser posto em marcha sem carregar no pedal da embraiagem é devido ao interruptor de bloqueio da embraiagem. Este é um interruptor que impede o motor de arrancar até o pedal da embraiagem estar completamente premido, pelo que é bastante fácil de contornar.

O problema é que o bloqueio da embraiagem é um dispositivo de segurança que impede o condutor de arrancar o veículo com a transmissa?o em marcha. O encravamento também impede as crianças de fazer rolar acidentalmente o veículo para um edifício ou para o trânsito quando deixadas sem vigilância.

A remoça?o deste dispositivo de segurança cria a possibilidade de ligar o motor, ou de tentar ligar o motor, com a transmissa?o em marcha.

Embora seja pouco provável que o motor arranque nestas condiço?es, poderá guinar para a frente ou para trás dependendo da mudança em que é deixado. Mesmo com o trava?o de ma?o accionado, o veículo poderia facilmente colidir com outro veículo nestas circunstâncias. Sem o trava?o de estacionamento accionado, o veículo poderia rolar para um edifício, uma estrada ou mesmo atingir um pea?o.

Isso significa que há realmente três coisas que um motor de arranque remoto tem de fazer se for instalado num veículo que tenha uma transmissa?o manual:

  • Desbloqueia o encravamento da embraiagem.
  • Verificar se a transmissa?o está em neutro.
  • Verificar se o trava?o de estacionamento está engatado.

Resoluça?o de problemas de transmissa?o manual de arranque remoto

O problema mais fácil de resolver é o interruptor de encravamento da embraiagem. Para evitar a necessidade de alguém carregar no pedal da embraiagem, o motor de arranque remoto do carro tem de ser ligado ao encravamento da embraiagem.

Ao premir o bota?o de arranque no telecomando, o dispositivo deve desactivar o encravamento antes de activar o motor de arranque. Num processo semelhante, o dispositivo também pode ser ligado ao mesmo interruptor do trava?o de estacionamento que activa a luz do trava?o de estacionamento no seu painel de instrumentos. Se esse interruptor na?o for activado, o arrancador remoto pode ser completamente desactivado.

A questa?o de verificar se a transmissa?o está em neutro é mais complicada, e tem havido uma série de soluço?es ao longo dos anos. A maioria destas chamadas soluço?es eram demasiado complicadas e propensas ao fracasso, mas os motoristas de arranque à distância dos automóveis modernos tiram partido de muitos anos de tentativas e erros.

Há várias maneiras de garantir que o veículo está em ponto morto, mas uma das mais seguras envolve uma soluça?o em várias etapas que essencialmente torna impossível o arranque acidental do veículo quando este está em funcionamento.

Esta configuraça?o envolve a cablagem do motor de arranque remoto de tal forma que, quando o veículo está estacionado, é absolutamente necessário deixá-lo em ponto morto. Para o conseguir, o motor de arranque remoto altera a forma como o carro é desligado. Também tem de ser ligado aos interruptores das portas.

Com este tipo de arranque remoto de automóvel instalado, é assim que funciona:

Conduza o seu automóvel como normalmente o faria.

Localizar um lugar de estacionamento e manobrar dentro dele.

Mudar para neutro e aplicar o trava?o de ma?o.

Desligar a igniça?o e remover as chaves.

Devido à forma como o motor de arranque remoto é ligado, o motor continuará a funcionar.

Saia do veículo, feche a porta e o motor irá parar.

Como e porque é que isto funciona?

Isto pode parecer um processo demasiado complicado, e é, mas assegura efectivamente que o trava?o de estacionamento está ligado, que a transmissa?o está em ponto morto, e que ambos permanecem assim. Na?o há necessidade de um sensor de posiça?o complicado na ligaça?o de transmissa?o, uma vez que na?o há forma de armar o arrancador remoto sem que a transmissa?o esteja em ponto morto.

Como medida de segurança adicional, um sistema configurado desta forma será reinicializado se alguma das portas for aberta antes de o controlo remoto ser activado. Isto significa essencialmente que se alguém abrir a porta, e potencialmente colocar a transmissa?o em marcha, o arranque remoto do carro será desactivado.

O ponto fraco deste sistema é que na?o pode ser utilizado com segurança num descapotável, nem as janelas podem ser deixadas em baixo.

Outros problemas com arranque remoto

Alguns veículos têm mais problemas do que outros, mas um técnico especializado pode encontrar uma soluça?o segura em quase todos os casos.

Por exemplo, alguns veículos de transmissa?o manual sa?o concebidos para que a chave só possa ser removida quando a transmissa?o estiver em marcha à ré. Isto na?o é obviamente adequado para um arranque à distância, mas um técnico especializado será capaz de modificar a cablagem para a fazer funcionar.

Outros veículos que têm carburadores ou dispositivos anti-roubo requerem equipamento e trabalho adicional, e alguns sa?o melhor deixados para os profissionais, mas mesmo que na?o haja um kit de arranque remoto funcional, há quase sempre uma soluça?o viável disponível.

Se possuir um descapotável ou um veículo que apresente qualquer um destes outros problemas adicionais, enta?o provavelmente necessitará de uma soluça?o única se ainda quiser um motor de arranque remoto.

Related Stories

Llegir més:

Tudo o que precisa de saber sobre a Apple...

Quando a Apple revelou o seu serviço de streaming Apple Music na Conferência Mundial...

O que é e como funciona o Google Fi?

Google Fi é um operador de rede virtual móvel (MVNO) que oferece...

O que precisa de saber sobre o iPhone XS,...

Simplificando, o iPhone XS, iPhone XS Max e iPhone XR na?o sa?o uma melhoria...

Como eliminar uma publicaçăo no Facebook

Tudo o que publicar no Facebook no seu feed de notícias ou no seu...

Como utilizar um teclado ou rato numa PS4

O que precisa de saber Pode ligar um teclado físico...

Como fazer um GIF a partir de um vídeo...

O que precisa de saber Escolha um vídeo YouTube, depois...