15 atrações com melhor classificação e coisas para fazer em Namur

Namur (em flamengo Namen), na confluência dos rios Sambre e Meuse, é uma importante cidade universitária, mas já foi um entroncamento crítico para o transporte rodoviário e marítimo. A colina sobre a qual fica a cidadela já era de grande importância militar na época romana, e hoje é uma das atrações turísticas mais importantes da cidade.

A posição estratégica de Namur levou a vários cercos ao longo de sua história. Devido a essas batalhas, a cidade tem uma mistura interessante de arquitetura de diferentes épocas.

Para muitos visitantes, Namur é um dos melhores lugares para visitar se você estiver procurando por uma base antes de sair para explorar as belas aldeias dos vales de Meuse e Semois.

Descubra suas opções de passeios nesta cidade fascinante com nossa lista das principais atrações e coisas para fazer em Namur.

Veja também: Onde ficar em Namur

Observação: algumas empresas podem estar temporariamente fechadas devido a problemas globais recentes de saúde e segurança.

1. Explore a Cidadela de Namur

Cidadela de Namur

A impressionante cidadela de Namur, situada acima da cidade, é uma das fortalezas mais poderosas da Europa. Já na época romana, o afloramento rochoso entre o Sambre e o Meuse foi fortificado, por isso não é surpresa que os Condes de Namur tenham escolhido este como local para o seu castelo.

É um ótimo lugar para explorar, com quartéis, muralhas e túneis subterrâneos.

As melhores vistas da cidade são da ponte da cidadela abaixo da área do quartel. A partir daqui, você pode olhar para a curva da Rota Merveilleuse ao redor do "donjon" (o local do castelo medieval).

Os turistas que viajam com crianças vão apreciar o Parc Attractif Reine Fabiola, um divertido parque de entretenimento que dá às crianças uma pausa nas aulas de história e oferece uma variedade de coisas para fazer.

Há um enorme playground para crianças de 3 a 12 anos que inclui castelos de aventura, balanços e jogos como xadrez gigante e uma área de escalada para todas as idades, além de minigolfe, trampolins e karts. Há também amplas bebidas disponíveis, incluindo muitas guloseimas.

Endereço: Rota Merveilleuse, Namur

Site oficial: https://citadelle.namur.be

Mapa da Citadelle de Namur (Histórico)

2. Passeio pela Rue de Fer

Passeio pela Rue de Fer

A Rue de Fer, no centro da cidade, tem duas excelentes atrações. A bela residência patrícia, o Hôtel de Gaiffier d'Hestroy , datado do século XVII, contém o Museu de Arte Antiga (Musée des Arts Anciens du Namurois), que exibe artefatos artísticos da Idade Média e do Renascimento da região de Namur. Em particular, as exposições de trabalhos de ourives locais, peças de marfim e utensílios de cobre são de qualidade excepcional.

Mais adiante na estrada está a Igreja Barroca de Saint-Loup (Église catholique Saint-Loup), arquitetonicamente a igreja mais interessante de Namur por causa de sua fachada de estuque com 12 pilares dóricos. Peter Huyssens desenhou os planos para a igreja, que foi construída entre 1621 e 1645.

Nas proximidades, o Musée Provincial Félicien Rops exibe as obras de vida do artista do século XIX Félicien Rops, além de abrigar exposições temporárias com contemporâneos do artista. O museu também possui um belo jardim com esculturas curadas.

Endereço: Rue de Fer, centro de Namur

3. Cruzeiro ao longo do rio

Vistas do rio em Namur

A opção de turismo mais relaxante em Numur é embarcar em um dos barcos de cruzeiro que cruzam os rios Meuse e Sambre e simplesmente sentar e admirar a paisagem.

Operadores privados oferecem uma seleção de diferentes passeios de barco em Namur, mas a opção mais popular é um cruzeiro de 50 minutos pelo centro histórico da cidade ao longo dos rios Sambre e Meuse. Há vistas brilhantes da cidadela e da arquitetura ribeirinha de Namur ao longo do caminho. As opções mais longas saem do centro da cidade para ver a paisagem e as aldeias circundantes.

Não há necessidade de reservas antecipadas nos barcos de cruzeiro públicos; basta aparecer no cais na cidade velha e subir a bordo.

4. Veja a Catedral de Saint Aubain

Catedral de Saint Aubain

A Catedral de Saint Aubain ergue-se no meio da Place Saint Aubain. Este imponente edifício abobadado clássico data de 1751-1767 e foi construído por Gaetano Pizzoni, de Milão, no local de uma igreja anterior do século XI.

Logo à direita está o Museu Diocesano com o Tesouro da catedral. Em exposição estão vasos litúrgicos, paramentos, esculturas e trabalhos de ourives.

Destaque para um altar portátil dos Condes de Namur, do século XII, com decoração em marfim; um relicário merovíngio do século VIII de Andenne; e a coroa relicária de Filipe, o Nobre de Namur, que se diz ter espinhos da coroa da paixão de Cristo; foi um presente do irmão de Filipe, Henrique de Constantinopla.

Endereço: Place Saint Aubain, centro de Namur

5. Suba aos céus no teleférico de Namur

Vistas aéreas sobre Namur

Para vistas panorâmicas sobre a cidade velha de Namur e o ponto de encontro dos rios Sambre e Meuse, faça uma viagem no teleférico da Cidadela de Namur.

A estação inferior do teleférico fica na Place Maurice Servais, bem no centro histórico da cidade. A partir daqui, os teleféricos transportam passageiros numa curta viagem até à esplanada da cidadela, com vistas panorâmicas dos telhados inclinados de Namur, perfurados por campanários de igrejas, durante todo o percurso.

É a maneira mais direta de pular entre o centro e a cidadela, por isso é extremamente prático, além de ser uma chance de tirar algumas fotos aéreas.

6. Passeie pela Cidade Velha Central

Centro Histórico

Para descobrir o interior da cidade, comece a sua caminhada na Pointe de Grognon e visite o antigo açougue, que data de 1590 e agora abriga o Museu Arqueológico de Namur.

Possui uma coleção abrangente de antiguidades da província de Namur, datadas dos períodos romano, franco e merovíngio (séculos I ao VII), considerada uma das melhores coleções da Bélgica. O trabalho dos ourives e o trabalho em vidro são valiosos e únicos.

A uma curta distância do museu está a Place d'Armes, a praça mais movimentada da cidade. Nas traseiras, ergue-se o campanário, cujas fundações são uma reminiscência da Tour Saint-Jacques, que fez parte da segunda muralha da cidade no século XIV.

7. Viagem de um dia a Dinant

Dinant

A cerca de 28 quilômetros ao sul de Namur, Dinant é a segunda maior cidade da região belga de Condroz e um dos centros turísticos mais importantes das Ardenas.

Graças à sua localização encantadora no Vale do Alto Meuse, abaixo de rochas calcárias escarpadas, coroada por uma poderosa cidadela, Dinant tornou-se uma estância turística muito animada, especialmente nos fins de semana, quando o Meuse é pontilhado de barcos de recreio e canoagem.

Na Place Reine Astrid, no sopé da colina da cidadela, a Igreja Colegiada de Notre-Dame, que fica no final da Ponte Meuse. É um belo edifício gótico primitivo do século XIII.

Depois de visitar a igreja, caminhe até a cidadela acima da cidade, onde você pode caminhar pelas ameias com vistas deslumbrantes da cidade abaixo.

Mapa Dinant – Atrações (Histórico)

8. O Vale Semois

Vale Semois

O rio Semois nasce no extremo sudeste da Bélgica, perto de Arlon. Ele flui primeiro através da planície de Gaume na parte belga da Lorena, e em Tintigny, entra nas Ardenas. A partir daqui, corta um curso profundo nas colinas e forma curvas largas em torno de rochas arborizadas, que oferecem vistas encantadoras.

Os flancos íngremes do vale de Semois, 113 quilômetros ao sul de Namur, às vezes se aproximam do rio tão perto que as estradas estão muitas vezes bem acima da borda, e uma viagem aqui é melhor feita a pé ou de barco para ver as melhores partes do paisagem.

Muitas das aldeias maiores estão no planalto das Ardenas, bem acima das curvas do rio. Os principais lugares ao longo do caminho são Jamoigne , que tem um antigo castelo e igreja, Chiny e Florenville, que fica no curso superior do rio.

9. Visite a Abadia de Notre Dame d'Orval

Ruínas da antiga Abadia de Notre Dame d'Orval

Siga 122 quilômetros ao sul de Namur e em meio à floresta tranquila e pitoresca de Gaume, bem na fronteira francesa, você encontrará o mosteiro mais extenso e mais bonito da Bélgica, a abadia trapista de Notre Dame d'Orval.

Diz-se que o primeiro mosteiro no "vale dourado" foi fundado em 1070 por beneditinos da Calábria, no sul da Itália. Eles foram seguidos em 1132 pelos cistercienses que começaram a construir a Igreja de Notre-Dame.

Por volta de 1700 a abadia, que havia adotado a estrita observância da ordem trapista em 1683, era um dos mosteiros mais prósperos da Europa.

Hoje, o mosteiro moderno fica ao lado das ruínas altamente atmosféricas da antiga abadia, enquanto o jardim de ervas, o museu do mosteiro e o antigo boticário também merecem uma visita.

Site oficial: https://www.orval.be/en/

10. Visite Floreffe

Floreffe

A vila de Floreffe, 10 quilômetros a oeste de Namur, abriga a grande antiga Abadia Premonstratense, um dos exemplos mais bem preservados dessa ordem na Bélgica.

A abadia foi fundada em 1121 por São Norberto e ampliada nos séculos XVII e XVIII até o tamanho atual. A Revolução Francesa acabou com a vida monástica, mas continua hoje na forma de um pequeno seminário aqui.

Da igreja abacial restam apenas os transeptos e a sacristia da fase inicial; o interior foi restaurado no final do século XVIII por Dewez. De particular interesse são as bancas do coro de Peter Enderlin.

São 74 assentos ricamente esculpidos, incluindo alguns com efígies dos fundadores da ordem.

11. Viagem por estrada a Bouillon

Caldo

No sul da Bélgica, perto da fronteira francesa (92 quilômetros ao sul de Namur), Bouillon fica lindamente em uma curva do rio Semois, cercada pelas alturas arborizadas do sul das Ardenas.

O Forte Château (Castelo Fortificado), entronizado em sua elevada "ilha" de rocha com vista para o Semois em dois lados, é um destaque de uma visita aqui. Construído por Godfrey the Bearded entre 1050 e 1067 sobre os restos de uma fortaleza ainda mais antiga, o castelo é o exemplo mais antigo e melhor preservado da arquitetura feudal medieval na Bélgica.

Também vale a pena dar uma olhada na cidade é o Museu Ducal (Musée Ducal) em uma encantadora casa do século XVIII abaixo do lado norte da praça do castelo.

A seção sobre história e folclore local inclui exposições de artesanato, móveis antigos e utensílios de cozinha, bem como recordações relacionadas às famílias nobres de Bouillon e ao impressor Pierre Rousseau.

Mapa de Bouillon – Atrações (Histórico)

12. Explore a vila de Fosses-la-Ville

A vila de Fosses-la-Ville, 20 quilômetros a oeste de Namur, foi originalmente colonizada pelos celtas, e na época romana era chamada de "Fossa".

O missionário irlandês Feuillen (ou Follianus) fundou aqui um mosteiro por volta de 650, que foi destruído no século X. No entanto, no século 11, quando as relíquias de St. Feuillien foram trazidas para cá, iniciou-se a construção de uma nova igreja. Deste, resta apenas a torre, o coro e a cripta, que é a mais antiga da Bélgica.

O restante da Igreja de St. Feuillien foi reconstruído no século XVIII. Vale a pena ver as bancas do coro de carvalho (1524) e o relicário dos santos do século XVI.

13. Passeie por Arlon

Igreja de São Martinho em Arlon

No extremo sudeste da Bélgica (131 quilômetros ao sul de Namur), encravada entre a França e Luxemburgo, Arlon (em flamengo Aarlen) é uma das cidades mais antigas do país.

A Grand Place, com a sua cruz medieval (símbolo da liberdade cívica) é o centro da cidade velha. Atingido por um beco que sai do canto sudeste da praça, o Tour Romaine (torre romana) é uma relíquia das muralhas romanas do século III e agora é um museu.

Da Grand Place, a estrada sobe até o topo da colina, onde a Igreja de St. Donat agora ocupa o local da fortaleza medieval dos condes de Arlon.

Também vale a pena dar uma olhada no Musée Luxembourgeois, três salas das quais são ocupadas por uma coleção de lápides romanas e sarcófagos únicos na Bélgica.

Mapa de Arlon – Atrações (Histórico)

14. Faça uma visita guiada ao Castelo de Franc-Waret

Castelo de Franc Waret | LHOON / foto modificada

Perto da cidade de Franc-Waret, 13 quilômetros a nordeste de Namur, ergue-se o imponente castelo de mesmo nome, datado do século XVII, mas consideravelmente ampliado no século XVIII no estilo de Luís XV. Os edifícios estão agrupados em torno de um pátio interior alcançado através de uma ponte levadiça.

Se você quiser visitar o castelo, você precisa pré-organizar um passeio. Visitas guiadas ao interior do castelo incluem acesso aos quartos suntuosamente mobiliados, cheios de belas tapeçarias de Bruxelas, porcelana rara e pinturas holandesas-flamengas.

Fora do castelo existem extensos jardins bem cuidados, incluindo um jardim francês, implantado pela primeira vez no século XVII e um jardim inglês do século XVIII.

15. Veja o Château de Spontin

Castelo de Spontin

O Château de Spontin é um impressionante castelo com fosso e um dos melhores da Bélgica. Infelizmente não é aberto ao público, mas se você estiver na pequena cidade de Spontin (no Vale Bocq, 11 quilômetros ao norte de Dinant), poderá ter uma boa visão do castelo à distância.

O castelo foi construído no local de uma torre de menagem do século XII, que foi ampliada para um castelo fortificado no século XIV e reconstruído em estilo renascentista no século XVI.

Em 1622, os bairros de trabalho foram acrescentados ao pátio, onde existem belas fontes de ferro forjado do século XIX.

Onde ficar em Namur para passeios turísticos

Hotéis de luxo :

  • O melhor hotel para casais de Namur, o NE5T Hotel & Spa está alojado em uma casa de fazenda romântica que foi atualizada para oferecer acomodações modernas com um ambiente rústico. Este hotel de suítes oferece acomodações espaçosas com comodidades completas, café da manhã de cortesia e um excelente restaurante. Há também um spa no local, bem como uma academia e piscina ao ar livre.
  • Localizado nas margens do Meuse, perto da Cidadela, o The Royal Snail Hotel oferece luxo de quatro estrelas em um ambiente moderno e elegante. O hotel tem um spa de serviço completo, bem como um centro de fitness e uma piscina exterior com uma espaçosa área de estar. Há também um restaurante no local com serviço de quarto, bem como um business center e serviço de concierge.

Hotéis de médio porte :

  • Um belo hotel com preços médios é o Chateau de Namur, situado em uma propriedade do século XVII. As comodidades do hotel incluem estacionamento gratuito e estações de carregamento de veículos elétricos, acesso Wi-Fi gratuito e um restaurante especializado em brunch de domingo.
  • Les tanneurs de Namur é outra excelente opção de médio porte, localizada a uma curta distância das principais atrações turísticas de Namur. O hotel oferece serviços de spa, banheira de hidromassagem e restaurante. Os quartos são rústicos, com paredes de tijolos expostos e outras características originais.

Hotéis econômicos :

  • Uma boa opção econômica é o Grand Hotel de Flandre, que oferece quartos que aceitam animais de estimação com decoração moderna e comodidades como comodidades para fazer chá e café e Wi-Fi gratuito.
  • Os turistas também podem encontrar quartos limpos e acessíveis no Hotel Ibis Namur Center , um hotel econômico convenientemente localizado que oferece estacionamento seguro. Os quartos familiares estão disponíveis e os quartos têm ar condicionado; café da manhã e wi-fi inclusos.

Mapa de Namur – Atrações (Histórico)

Similar Articles

Most Popular