1) indique a alternativa correta relacionada à escolha de softwares em organizações:

A escolha de softwares em organizações é uma decisão estratégica que pode impactar significativamente o desempenho e a eficiência do negócio. Nesse sentido, é fundamental que os gestores estejam atentos às diferentes opções disponíveis no mercado e escolham aquela que melhor se adequa às necessidades e objetivos da empresa.

Ao optar por um software, é importante considerar alguns critérios, como a funcionalidade, a usabilidade, a escalabilidade e a integração com outros sistemas. Além disso, é essencial analisar o suporte técnico oferecido pelo fornecedor, bem como o custo-benefício da solução.

Neste artigo, apresentaremos algumas alternativas de softwares amplamente utilizados em organizações, destacando suas principais características e vantagens. Assim, os gestores poderão tomar decisões mais informadas e assertivas na hora de escolher a melhor opção para o seu negócio.

Se quiser continuar a ler este post sobre "1) indique a alternativa correta relacionada à escolha de softwares em organizações:" clique no botão "Mostrar tudo" e poderá ler o resto do conteúdo gratuitamente. ebstomasborba.pt é um site especializado em Tecnologia, Notícias, Jogos e muitos tópicos que lhe podem interessar. Se quiser ler mais informações semelhantes a 1) indique a alternativa correta relacionada à escolha de softwares em organizações:, sinta-se à vontade para continuar a navegar na web e subscrever as notificações do Blog e não perca as últimas notícias.

Seguir leyendo


Quais são os tipos de software?

Existem vários tipos de software, cada um com seu objetivo e função específica. Um dos tipos mais comuns é o software aplicativo, que é projetado para resolver problemas específicos dos usuários. Esses softwares têm uma ampla gama de aplicações, desde programas de processamento de texto e planilhas até aplicativos de edição de fotos e reprodução de mídia.

Outro tipo de software é o software de programação, que é utilizado pelos desenvolvedores para criar programas e aplicativos. Esse tipo de software inclui linguagens de programação, compiladores, depuradores e outros recursos essenciais para o desenvolvimento de software.

O software de sistema é outro tipo importante, responsável por controlar e gerenciar o funcionamento do computador. Exemplos desse tipo de software incluem sistemas operacionais como Windows, macOS e Linux, além de drivers de dispositivo e utilitários de sistema.

Existem também diferentes categorias de software com base em sua disponibilidade e licenciamento. O software de código aberto é aquele cujo código-fonte é disponibilizado gratuitamente e pode ser modificado e distribuído pelos usuários. Já o software de código fechado, também conhecido como software proprietário, é licenciado e controlado por uma empresa, sendo necessário pagar pelo seu uso.

Outros tipos de software incluem o software livre, que é gratuito e pode ser usado, modificado e distribuído livremente, e o software freeware, que também é gratuito, mas não permite modificações ou distribuição. Esses são apenas alguns exemplos dos tipos de software disponíveis no mercado, cada um com suas características e finalidades específicas.

Como os softwares podem ser classificados?

Como os softwares podem ser classificados?

Os softwares podem ser classificados em três tipos principais: Software Básico, Software Aplicativo e Software Utilitário.

O Software Básico inclui os sistemas operacionais, que são responsáveis por gerenciar os recursos do computador e permitir que outros softwares sejam executados. Além disso, inclui também os drivers, que são programas que permitem a comunicação entre o hardware e o sistema operacional.

O Software Aplicativo é o tipo mais comum de software, pois são os programas que os usuários utilizam para realizar tarefas específicas. Esses softwares são desenvolvidos para atender a necessidades específicas, como o processamento de texto, a edição de imagens, a criação de planilhas, entre outros. Eles podem ser adquiridos comercialmente ou desenvolvidos internamente por empresas.

Por fim, o Software Utilitário é um tipo de software que auxilia na manutenção e no gerenciamento do sistema. Eles podem ser utilizados para realizar tarefas como backup de arquivos, limpeza do disco rígido, desfragmentação do sistema, entre outros. Esses softwares são desenvolvidos para melhorar o desempenho e a segurança do computador.

Qual é o software? Cite um exemplo.

Qual é o software? Cite um exemplo.

Software de aplicativos são programas desenvolvidos para executar tarefas específicas em dispositivos eletrônicos, como computadores, smartphones e tablets. Esses softwares são voltados para atender às necessidades do usuário em diversas áreas, como produtividade, entretenimento, comunicação, entre outras.

Um exemplo de software aplicativo é o Google Chrome, um navegador de internet amplamente utilizado. Com o Chrome, os usuários podem acessar sites, pesquisar informações, assistir a vídeos, ouvir música e muito mais. Outro exemplo é a calculadora, presente em praticamente todos os sistemas operacionais, que permite realizar cálculos matemáticos de forma rápida e eficiente.

Na área de produtividade, podemos citar o Microsoft Word, um dos principais softwares de processamento de texto do mercado. Com o Word, é possível criar, editar e formatar documentos de texto, como relatórios, currículos, cartas, entre outros. Já no campo do design gráfico, temos o Adobe Photoshop, um software utilizado para editar e manipular imagens, permitindo aos usuários criar obras de arte digitais.

Além desses exemplos, há uma infinidade de softwares aplicativos disponíveis, que atendem às mais diversas necessidades dos usuários. Desde programas de edição de vídeo, como o Adobe Premiere, até aplicativos de mensagens instantâneas, como o WhatsApp. A diversidade e a funcionalidade desses softwares tornam-nos essenciais para otimizar tarefas e facilitar a vida dos usuários.

Qual é a função de um software?

Qual é a função de um software?

Um software desempenha uma função essencial nos sistemas de computadores, permitindo a execução de tarefas específicas de forma automatizada. Ele é composto por um conjunto de instruções e algoritmos projetados para atender às necessidades dos usuários. Os softwares podem ser classificados em diversos tipos, como aplicativos, sistemas operacionais, drivers, utilitários, entre outros.

Os softwares possibilitam a realização de uma ampla variedade de tarefas, como processamento de dados, criação e edição de documentos, reprodução de áudio e vídeo, acesso à internet, jogos, entre outras atividades. Além disso, eles desempenham um papel crucial no funcionamento dos dispositivos eletrônicos, como smartphones, tablets, computadores e até mesmo eletrodomésticos inteligentes. Sem um software adequado, os dispositivos seriam inoperantes e incapazes de realizar suas funções.

Portanto, a função de um software é fornecer meios para que os usuários possam interagir com os computadores e realizar suas tarefas de forma eficiente e conveniente. Eles são projetados para simplificar processos, aumentar a produtividade, melhorar a eficiência e fornecer soluções para problemas específicos. Com o avanço da tecnologia, a demanda por softwares está em constante crescimento, impulsionando o desenvolvimento de novas aplicações e soluções inovadoras.